"Do figurativo ao abstrato"

de Paulo Briguet

"Do figurativo ao abstrato"Picasso disse certa vez que tentava sempre pintar o mais perfeito quadrado possível. "Na diferença entre o quadrado geométrico e o quadrado da tela, eu estou aí", completou.

Como todo bom artista, João Werner sabe que o importante não é a figura que se pinta, mas a beleza que se manifesta. Existe um toque pessoal inconfundível que se manifesta no estilo do verdadeiro pintor, seja qual for o tema de seu trabalho.

Em maio, Werner realizou uma exposição de telas que valoriza figuras humanas do cotidiano. Com cores ràsticas e desenhos complexos, o pintor retratava trabalhadores rurais, homens no botequim, mulheres estendendo lençóis. Na última sexta-feira, Werner abriu a exposição "Abstratos e Decorativos", no Jasmin Salão de CHá, com nove telas totalmente diferentes do trabalho anterior: agora, o artista explora as possibilidades de cor e contraste da tinta acrílica sobre tela. Totalmente abstrato, Werner não deixa de ser Werner (ver pinturas abstratas).

A identidade artística de João Werner está, portanto, em algum lugar entre o figurativo e o abstrato. Sua inspiração pode vir das cenas do dia-a-dia (como na exposição de maio) ou da própria manipulação das tintas (como na atual exposição). E ele estudou o assunto: sua dissertação de mestrado, na PUC-SP, focalizou a obra de Piotr Mondrian, pintor holandês que viajou do figurativismo às formas geométricas básicas. "Ao longo dos anos, Mondrian pintou a mesma série de árvores. Sempre que ele voltava à mesma série, eliminava os componentes, até chegar à geometria pura, ao essencial", diz Werner. E, de certa forma, Mondrian venceu: a pureza geométrica baseada em suas pesquisas de cor e forma é hoje a pedra-de-toque no design da sociedade contemporânea. há Mondrian na propaganda, na comunicação - e até mesmo na diagramação desta página de jornal.

 Uma brincadeira séria com as tintas - assim podem ser definidas as obras que fazem parte desta pequena exposição de João Werner no Chá Jasmin. Para definir a sensação que teve ao fazer essas telas, Werner vale-se de uma citação do pintor britânico Francis Bacon: "Quando o pintor leva o pincel à tela, ele nunca sabe o que vai acontecer".

abstratoJoão Werner concorda: para ele, o imprevisível é estimulante. Os trabalhos abstratos representam um viàs mais lúdico de sua personalidade artística. "Eu faço um jogo com as cores, explorando diversas possibilidades. As cores mais claras por baixo criam uma certa tensão, e a mesma cor, conforme está disposta no quadro, muda completamente. O cinza perto de um vermelho parece mais esverdeado; o cinza perto de um amarelo parece mais violáceo."

Estudioso, pesquisador, professor e, acima de tudo, artista, João Werner sabe que a cor e a forma jamais deixarão de oferecer surpresas aos olhos humanos. Ele declara: "Arte abstrata, figurativa, conceitual é isso não é importante. A qualidade não mora na linguagem". A qualidade mora aí é no mundo criado quando o artista leva o pincel à tela.

Dados da publicação

Matéria publicada no Jornal de Londrina, Caderno de Cultura, página 1, 09/10/2005, Londrina (PR).

Outros textos sobre a arte de João Werner

Textos de críticos de arte

Reportagens e matérias jornalísticas

Ensaios poéticos e apresentações de exposições

Livros de João Werner
à venda

Capa do livro "A figura na Comunicação Visual"

"A figura na Comunicação Visual"

Mais informações sobre o livro.
Kindle Amazon: R$ 38,37.

Capa do livro "A Terra e o trabalho com a Terra"

"A Terra e o Trabalho com a Terra"

Livro de arte com a reprodução de 34 pinturas cuja temática é o sagrado trabalho com a Terra. . São pinturas a óleo, acrílica e digitais, realizadas desde 2002.

Livro impresso, R$ 55,41.

Capa do livro "Mesa de bar"

"Mesa de bar"

Livro de arte com a reprodução de 32 pinturas a óleo, acrílicas e digitais sobre o cotidiano da vida citadina.

Livro impresso, R$ 55,41.

Capa do livro "Esculturas e relevos"

"Esculturas & relevos"

Reprodução de 48 fotografias de esculturas em cimento, madeira, ferro fundido, argila e gesso.

Livro impresso, R$ 58,06.

Capa do livro "Et in Arcadia Ego"

"Et in Arcadia Ego"

Reprodução de 39 pinturas a óleo, acrílicas e digitais de sátiros e ninfas.

Livro impresso, R$ 61,14

Capa do livro "Motel barato"

"Motel barato"

Livro de arte com a reprodução de 36 pinturas a óleo, acrílicas e digitais sobre o tema do erotismo e sexualidade.

Livro impresso, R$ 58,06.