"Sexo explícito"

de texto de Nelson Sato

"Sexo explícito"Uma nova série de gravuras digitais pula do atelier do artista João Werner para alcançar o público amanhã, reunidas na exposição "Motel Barato", que ele inaugura em sua galeria no Edifício Centro Comercial, em Londrina.

A individual reúne 17 obras criadas em computador e impressas em papel fotográfico. Como informa o título, as imagens tematizam o sexo explorando o imaginário erótico e pornográfico em quartos de quinta categoria.

"Quando olhei o conjunto destas minhas gravuras pornográficas lado a lado, percebi que só em um daqueles moteizinhos fuleiros que frequentava na juventude poderia expor minha fauna erótica", diz ele. "Lembrei-me dos ambientes kitsch, cheios de coraçõezinhos cor-de-rosa, cupidos encardidos, frases de efeito e juras de amor eterno, sussurradas entre manchas invisíveis de fluídos corporais alheios, espalhados pelo piso, paredes elençóis".

Ele explica que as gravuras foram feitas em Flash, um software que lhe permitiu utilizar uma linguagem plástica grosseira e agressiva, sem sutilezas. "É um instrumento expressionista por natureza. há gravuras tecnicamente melhores e outras menos, mas o procedimento é o mesmo. Meu 'pincel' tem a riqueza gestual que dá para obter de uma lâmina de faca", salienta.

Werner abriu a galeria no final do ano passado com uma exposição que retratava criaturas mitológicas evocando prazeres mundanos. Agora mostra cenas de sexo explícito. "Não tenho a intenção de chocar ninguém, infelizmente eu sou assim. Tenho uma fábrica de polêmicas", brinca. A "fábrica", aliàs, Já tem programadas outras exposições controversas.

Uma delas, intitulada "Dano à propriedade", reunirá gravuras de insurreição social. Outra, batizada "Messias Alucinado", juntará gravuras de temática religiosa. Uma terceira, que se chamará "Paraísos Artificiais", abordará a relação entre as pessoas e as plantas alucinógenas. Uma quarta, ainda sem título, mostrará retratos de escritores e poetas como Kafka, Baudelaire, Edgar Alan Poe e Dostoievski.

Amanhã, a galeria recebe os visitantes a partir de 14 horas. Mas as gravuras reunidas podem ser apreciadas antes pelos curiosos que acessarem o site oficial do artista.

Dados da publicação

Nelson Sato, "Sexo explícito", Folha de Londrina, Caderno Folha 2, pp. 4, 27 de fevereiro de 2011.

Outros textos sobre a arte de João Werner

Textos de críticos de arte

Reportagens e matérias jornalísticas

Ensaios poéticos e apresentações de exposições

Loja João Werner

banner da loja João Werner
Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro

Publicidade

Cadastre-se na mailing de joão werner


Livros de João Werner
à venda

Capa do livro "A figura na Comunicação Visual"

"A figura na Comunicação Visual"

Mais informações sobre o livro.
Kindle Amazon: R$ 38,37.

Capa do livro "A Terra e o trabalho com a Terra"

"A Terra e o Trabalho com a Terra"

Livro de arte com a reprodução de 34 pinturas cuja temática é o sagrado trabalho com a Terra. . São pinturas a óleo, acrílica e digitais, realizadas desde 2002.

Livro impresso, R$ 55,41.

Capa do livro "Mesa de bar"

"Mesa de bar"

Livro de arte com a reprodução de 32 pinturas a óleo, acrílicas e digitais sobre o cotidiano da vida citadina.

Livro impresso, R$ 55,41.

Capa do livro "Esculturas e relevos"

"Esculturas & relevos"

Reprodução de 48 fotografias de esculturas em cimento, madeira, ferro fundido, argila e gesso.

Livro impresso, R$ 58,06.

Capa do livro "Et in Arcadia Ego"

"Et in Arcadia Ego"

Reprodução de 39 pinturas a óleo, acrílicas e digitais de sátiros e ninfas.

Livro impresso, R$ 61,14

Capa do livro "Motel barato"

"Motel barato"

Livro de arte com a reprodução de 36 pinturas a óleo, acrílicas e digitais sobre o tema do erotismo e sexualidade.

Livro impresso, R$ 58,06.