"Ninfas dançando"

Pintura digital representando três mulheres nuas dançando em meio à vegetação

Pintura digital vetorial (Flash)
02 de junho de 2008
código da gravura 158-08
Giclée sobre papel Arches Aquarelle Rag, (100% algodão)
Edição limitada a 20 prints.
Tamanho da impressão: 59 x 78,6 cm.
Datado, assinado, numerado e chancelado.
Acompanha Certificado de Autenticidade.
Preço por print R$ 1.305,00.
Recebimento por Paypal ou transferência bancária.
Email para werner.joao@gmail.com

Licença Creative Commons 
Compre o direito de uso desta imagem

Participação em exposições de arte

Logo da exposição "Et in Arcadia Ego"

2010, novembro - Esta pintura digital participou da exposição "Et in Arcadia Ego", na "Galeria João Werner", Londrina

Fortuna crítica e poética desta pintura

Estes são alguns registros dos sites, livros ou exposições onde esta obra de arte foi exibida.
Considerando a fluidez da internet e a dificuldade na coleta destes registros, pode-se supor que seu número seja maior do que o apresentado aqui.

blog o que faz seu coração vibarr

2012, julho 07 - Minha pintura "Ninfas dançando" foi exibida no blog O que faz seu coração vibrar, ilustrando o post "O trote terrível".

Blog Tripudium
Ninfas dançando

2012, janeiro 30 - Minha pintura digital "Ninfas dançando" foi exibida no blog Tripudium, ilustrando o post "O que entende-se por dança?".

Blog "Viagem ao centro da tela"

2011, fevereiro 21 - Minha gravura digital "Ninfas dançando" foi exibida no blog "Viagem ao centro da tela", ilustrando a poesia "Ritmo e sintonia" de Ermes Le Fou.

Em um instante ela começa
e já não sou mais quem eu era antes.
Perco os sentidos, me descontrolo.
Eu canto, danço, me liberto.
O mundo a minha volta se transforma
diante de meus olhos como que por mágica
e a energia começa a fluir de todos os lados.
Todos meus movimentos parecem ganhar vida própria.

Não sei por quanto tempo ela se estende.
Cinco, dez, vinte minutos...
Isso realmente não importa.
Ela vai me dominando como quem não quer nada
e logo toma controle de todo meu ser.

O som se torna cada vez mais alto e me pergunto
se ele vem do mundo para mim, ou de mim para o mundo.
O som se torna cada vez mais alto e é delirante a sensação de liberdade.
Liberdade essa que me entrego sem medo, sem pensar...

Tudo é vibração, tudo é ritmo
Tudo é energia, tudo é cinética
Tudo se interliga
Sou o ar, sou o som, sou o céu, sou o chão.
Como um balaNão que vai perdendo a força
Ela vai diminuindo o ritmo até cessar...
Aos poucos retorno ao meu corpo.
Meu espírito encontra o caminho de casa.
A realidade retoma sua harmonia costumeira
e eu mal posso esperar para retomar a minha harmonia!

Blog "hana Haruko"

2010, dezembro 30 - Minha pintura digital "Ninfas dançando" foi exibida no blog "hana Haruko", ilustrando poesia de Clevane Pessoa.

"Trilogia, tríade, trio de mulheres gráceis, as três graças
Não se tornem des/graças,
mas promessas de fertilidade
e possam chamar a chuva.
Sempre no gerúndio, en/cantando,
dançando,
atraindo,
num continuum de graciosidade.
Mulheres atemporais, gregas, romanas, egípcias
wiccanas, indígenas, hodiernas a celebrar a liberdade de ser.
A música, cada um ouça a que soa, ressoa
em seu self , em seu coração e alma
e vibre através dos poros.
A música ensinada às criaturas
pelo movimento das águas,
pelo tatalar das asas,
pelas travessuras da brisa,
pelo ritmo do capim e do trigo,
pela viagem incessante das nuvens grávidas
ou engravidando,
é um presente :
basta seguir um ritmo e dar vazão à alegria
de estar para ser,
vivo e resiliente..."


"Com a escolha dessa tela de João Werner, que sempre me inspira, de imediato, contamina-me com a vibração das cores e comigo compartilha , à distância, os mistérios da beleza artística, desejo Feliz Ano Novo ao artista, aos leitores, parentes e amigos!", Clevane Pessoa


Ninfas dançando

2010, março 11 - Minha pintura digital "Ninfas dançando" foi exibida no blog Lu Lambert, ilustrando o post "Celebração à vida".

Blog pi e phi

2009, novembro 26 - Minha pintura digital "Ninfas dançando" foi exibida no blog pi & phi, ilustrando poesia.

Monstro minúsculo e latente,
coração tão desgraçado,
grão semeado com a semente
do esquecido e nunca arrumado.

Monstro duma só cabeça,
dragão que vomita sua fé,
com aquela fereza certeza,
de quem acredita naquilo que não vê.

Monstro que esconde a menina
que soltamente pretende dançar,
só escutar ao seu pai cantar
aquela canção tão pequenina.

Monstro obrigada a ser monstro,
a percorrer o seu próprio caminho,
monstro do medo disposto
a fazer um grelhado entrecosto
com um medo tão mesquinho.

Monstro com corpo e nome,
que habitas na alma do tempo,
que reconheces o desconcerto
de ter esquecido aquele vento
que trouxe ate ti o teu homem.

Monstro que merece o perdão
que todo monstro merece,
monstro que no castigo cresce,
e perece na sua solidão.

Monstro isolado e vadio
do mundo e sua mudança,
monstro, a menina dança,
e seu pai no algaravio
faz que a agua do rio
nunca precise vingança.

Blog "Efeito colateral"

2009, junho 20 - Minha pintura digital "Ninfas dançando" foi exibida no blog Efeito colateral, ilustrando o post "Era uma vez".

sem imagem

2008, junho - A poeta Cida Sepúlveda escreveu um ensaio, A dança, inspirado nesta gravura digital. Ainda não publicado.

"Passo horas para descobrir que as três ninfas formam Clara. O clímax do movimento é Clara, a mulher que o artista sonha. Coxas olímpicas, braços voadores, cabelos...ah, os cabelos me provocam espetos negros imprimindo emoções na primavera acinzentada, traçando a feminilidade, invocando a música do corpo, a luz da alma." (fragmento, leia a íntegra)

Blog "Carmen Fossari"

2008, julho 22 - Exibida no blog Tatuagem, da poeta Carmen Fossari, onde ilustrou a poesia "Ilha feminina". Fragmento:

"O mundo feminino
Abre-se de úteros
Como as folhas em pétalas
Que amanhecem
Jardins, mundos, infâncias, flores
O universo adulto do corpo amoroso
Comportando outro corpo
Da luz lasciva de todos os tatos
Os sentidos, a intuição
O homem barro macerado
Que habita seu mundo
De dança e música

O feminino,nossa identidade
carregamos na história
Tantas estórias de dores
Que um ser, por qualidade
De gênero amalgamou
Nas paredes do mundo
Nãos imperativos,
Revelações semanticas
do femina
A fome
A dor
A pobreza
A miséria
A intolerância
A guerra

Mas o tecido involucrável
Descobrindo em nudez
A palavra mulher
Tece em desejos

A paz
A alegria
A fartura
A riqueza
A tolerância
A criação

Aos mapas ortográficos
As veias onde pulsam
O ser feminino, Mulher
O masculino ser, Homem

Indcam a geografia
De país algum
Que não o construído
De ventos e sonhos
De vísceras e suores
De esperanças e lágrimas

Ao fogo que acende
As almas, quando anoitece
O corpo abrirá seus braços
Aos abraços
Femininamente amorosos
Ao masculino homem
Tão frágil quanto a fragilidade
que enunciou da mulher
pelos confins dos tempos.""

Exibida em painéis do Pinterest

Pinterest Caixa de ilusões

PINTEREST, Painel Caixa de ilusões, pins de Melina Souza. Pinturas exibida são Ninfas dançando (digital), Sem título (acrílica) e Ícaro (acrílica).

Loja João Werner

banner da loja João Werner
Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro

Publicidade

Cadastre-se na mailing de joão werner


Livros de João Werner
à venda

Capa do livro "A figura na Comunicação Visual"

"A figura na Comunicação Visual"

Mais informações sobre o livro.
Kindle Amazon: R$ 38,37.

Capa do livro "A Terra e o trabalho com a Terra"

"A Terra e o Trabalho com a Terra"

Livro de arte com a reprodução de 34 pinturas cuja temática é o sagrado trabalho com a Terra. . São pinturas a óleo, acrílica e digitais, realizadas desde 2002.

Livro impresso, R$ 55,41.

Capa do livro "Mesa de bar"

"Mesa de bar"

Livro de arte com a reprodução de 32 pinturas a óleo, acrílicas e digitais sobre o cotidiano da vida citadina.

Livro impresso, R$ 55,41.

Capa do livro "Esculturas e relevos"

"Esculturas & relevos"

Reprodução de 48 fotografias de esculturas em cimento, madeira, ferro fundido, argila e gesso.

Livro impresso, R$ 58,06.

Capa do livro "Et in Arcadia Ego"

"Et in Arcadia Ego"

Reprodução de 39 pinturas a óleo, acrílicas e digitais de sátiros e ninfas.

Livro impresso, R$ 61,14

Capa do livro "Motel barato"

"Motel barato"

Livro de arte com a reprodução de 36 pinturas a óleo, acrílicas e digitais sobre o tema do erotismo e sexualidade.

Livro impresso, R$ 58,06.